TRATAMENTOS
PERIODONTIA



A periodontia é a especialidade odontológica que previne e trata as doenças dos tecidos de proteção e sustentação do dente, ou seja, da gengiva, dos ossos e dos ligamentos que circundam os dentes. Dependendo da gravidade do problema periodontal, ele pode ser classificado como gengivite ou periodontite.

Gengivite
Doença periodontal que se limita à gengiva, que inflama devido à presença da placa bacteriana que se forma ao redor dos dentes e da gengiva.

O tratamento da doença é simples. Normalmente, com uma visita ao dentista para profilaxia (limpeza), uma correta escovação e o uso de fio/fita dental a doença regride, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que sustentam os dentes ainda não foram atingidos.

Principais sintomas:
o Sangramento após a escovação ou uso de fio/fita dental;
o Gengiva levemente inchada e avermelhada.
Atenção: se não for tratada, a gengivite pode progredir para periodontite.

Periodontite
É a doença periodontal que atinge todos os tecidos de sustentação dos dentes. Na periodontite, a inflamação causada pela placa bacteriana somada à predisposição genética do paciente induz à reabsorção dos tecidos de suporte do dente. Se não tratada a tempo, a doença pode levar à perda dos dentes.

Apesar de a doença ser primariamente causada pela placa bacteriana, outros fatores podem agravar os sintomas e acelerar a progressão da periodontite, como fumo, estresse, alguns medicamentos, mudanças hormonais (como no caso das mulheres durante a gravidez), diabetes e outras complicações que afetam o sistema de defesa do organismo.

O tratamento baseia-se em raspagens periódicas, que são limpezas mais profundas da superfície dental e do interior das gengivas. Em casos mais avançados e que respondem pior ao tratamento convencional, existem opções cirúrgicas.

A doença exige tratamento e manutenção constantes em visitas ao cirurgião-dentista, além de higiene oral adequada, incluindo uso de escova e fio dental.

Principais sintomas:
o Sangramento ao escovar os dentes e ao passar fio/fita dental;
o Gengivas vermelhas e/ou inchadas;
o Gengivas com retração, expondo a raiz do dente;
o Dentes amolecendo ou mudando de posição;
o Mau hálito constante ou gosto ruim na boca.

Importante: em geral, a periodontite não causa dor, o que leva à demora da procura pelo dentista.